Aprendizagem ativa em prática na EIC
 

Metodologias ativas, ensino híbrido, uso de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, sala invertida, instrução pelos pares. Todos esses termos fazem parte das propostas para acompanhar o ritmo das novas gerações que estão em sala de aula e exigem dos professores novas formas de abordagem dos conteúdos, para que os estudantes possam exercer o protagonismo de seu processo de aprendizagem. Conectada com todas essas tendências, a professora Eliane Vilar, da Escola Franciscana Imaculada Conceição Dourados - MS (EIC) tem desafiado seus alunos dos anos finais do Ensino Fundamental em atividades que exigem deles muito mais que raciocínio para aprender matemática.

Constantemente ela tem proporcionado disputas no pátio da escola, em que o trabalho em equipe leva a resultados positivos; constrói jogos em que o raciocínio e a tomada de decisões têm que ser imediatos e desafia os alunos a problematizarem suas vivências pedagógicas.

No início de setembro, as turmas de 8º ano do Ensino Fundamental construíram um labirinto de jogos matemáticos batizado como Maze Runner (Corredor de labirinto), inspirado no filme análogo. O ambiente interativo foi visitado pelos colegas do 5º ano e recebeu avaliação altamente positiva da experiência.

“O objetivo era ajudar os alunos a terem uma visão diferente quanto às suas dificuldades na matemática. Assim, de uma forma mais lúdica, cada grupo montou um jogo com a base matemática. Envolvendo adição, subtração, multiplicação, divisão, fração, números inteiros e muitos outros conteúdos. No decorrer das aulas desenvolvemos a reflexão sobre os assuntos e promovemos ricas discussões em sala de aula, ou seja, os alunos se expressaram”, conta a professora.

A aprendizagem ativa pretende dar ao aluno o papel de protagonista no processo de aprendizagem, tirando-o da posição de um mero “recebedor” de informações. Cabe a ele se engajar na busca pelo conhecimento e assumir responsabilidades em relação a sua aprendizagem. “A pró-atividade e o entusiasmo do aluno farão toda a diferença no resultado final”, destaca Eliane, apontando as vantagens dessa dinâmica: desenvolvimento do pensamento crítico, facilidade para reter o conhecimento; maior motivação; estímulo à autonomia; desenvolvimento da autoconfiança; maior facilidade para resolver problemas e sentimento positivo de ser protagonista do próprio aprendizado.

Nas diferentes dinâmicas utilizadas em sala, no pátio e no salão da escola, as turmas os alunos despertaram, de forma lúdica, o interesse pela matemática, conseguiram demonstrar uma utilização prática do Teorema de Pitágoras, área e perímetro no cotidiano, trabalharam conceitos de grandezas e medidas, usaram a trena e a utilizaram conforme os conceitos abordados em sala.

 

 

 




Mais Eventos:
  • Noite Cultural no Cofracarmo
  • Tarde de Autógrafos - Projeto Estante Mágica no COFRACARMO
  • APMs debatem Mandamentos da Juventude Franciscana em Dourados
  • Revitalização do muro da EIC
  • 16ª Caminhada da Hospitalidade e do Encontro Franciscano (COFRACARMO - GUAÍRA PR)
  • SIPAT 2019 prima pelo cuidado integral com os funcionários
  • Semana do trânsito na escola - COFRACARMO
  • Espetáculo teatral movimenta COFRACARMO
  • Aprendizagem ativa em prática na EIC
  • O vôlei feminino da Escola Fátima está na elite do esporte escolar brasileiro. Parabéns!
  • Alunos da EIC exploram novas realidades
  • EIC realiza Seminário Regional de ER no centro-oeste
  • Colégio Santíssima recebe visita pedagógica
  • Semana de combate ao bullying e de prevenção ao suicídio
  • Semana da Pátria - COFRACARMO, Guaíra Pr

  • Anterior | [1] [2] | Próxima