EIC realiza a evacuação total do prédio em treinamento
 

Pela terceira vez, a Escola Franciscana Imaculada Conceição (EIC), de Dourados (MS), realiza simulado de evacuação, em treinamento que a Scalifra vem proporcionando a todas as escolas da rede. Essa foi a segunda simulação com evacuação total da EIC e contou com a participação dos órgãos plúbicos de segurança no acompanhamento (bombeiros, SAMU, Agetran e polícia militar). A equipe de brigadistas comemorou a redução do tempo em 30 segundos, em relação ao exercício realizado no ano passado. “Levando em consideração o tempo de 7 minutos do ano passado, 30 segundos a menos é uma redução considerável”, elogiou o engenheiro de Segurança do Trabalho, Guilherme Ellwanger, que coordena a atividade.

Diferente das outras simulações de incêndio já realizadas, dessa vez brigadistas, alunos e professores não foram orientados com antecedência sobre o procedimento, a fim de que a equipe técnica da mantenedora pudesse avaliar com maior fidelidade a reação de todos num caso de emergência. “Queríamos saber se os brigadistas lembravam de seus setores, das suas atribuições dentro da brigada de incêndio e ver qual a real situação, hoje, do nível de organização em que nos encontramos”, justificou Ellwanger. “Essa evacuação durou um tempo considerado muito bom; então, o grupo iria agir da melhor forma possível até a chegada dos bombeiros [em caso de incêndio real]. Provavelmente, quando os bombeiros chegassem, a evacuação já estaria realizada”, avaliou o técnico de Segurança do Trabalho, Pablo Feltrin.   

Pela primeira vez os alunos do Berçário e da Educação Infantil realizaram o treinamento, na quinta-feira (13/02). Por terem características diferenciadas de mobilidade, os pequenos estudantes tiveram um momento de exercício parcial, ou seja, foi criada uma situação específica para que eles se valessem de uma rota de fuga. O resultado foi extremamente positivo: todos os alunos da Educação Infantil saíram para ambiente seguro determinado em 4 minutos e 04 segundos e a ação total (com conferência e fechamento das salas) durou 5 minutos e 05 segundos. Já no Berçário, os bebês foram retirados no tempo de 2 minutos e 25 segundos. “Esse foi um tempo muito baixo e a ação foi realizada com muita segurança, muita calma, saiu muito melhor que o esperado”, disse o engenheiro de segurança.

Pablo Feltrin ressalta a importância do ato de treinar: “as pessoas vão entendendo a sua real função na brigada e, assim, conseguem executar uma evacuação cada vez mais perto do correto”, diz ele. Já Ellwanguer assinala a importância de respeitar o protocolo, lembrando a necessidade de esperar o segundo sinal de emergência e a presença do brigadista para orientar a melhor rota de fuga, de manter os braços cruzados sobre o peito, de não carregar objetos na hora da saída do prédio, de respeitar o lado da escada para abrir espaço para o trânsito de bombeiros e o silêncio, a concentração e a seriedade na simulação como elementos necessários para que se crie uma cultura em torno da questão.

A próxima simulação, que ocorrerá ainda em 2020, envolverá também o combate a focos de incêndio.     

  

 

 




Mais Eventos:
  • EIC realiza a evacuação total do prédio em treinamento
  • Muro da EIC tem novas obras de arte
  • Noite Cultural no Cofracarmo
  • Tarde de Autógrafos - Projeto Estante Mágica no COFRACARMO
  • APMs debatem Mandamentos da Juventude Franciscana em Dourados
  • Revitalização do muro da EIC
  • 16ª Caminhada da Hospitalidade e do Encontro Franciscano (COFRACARMO - GUAÍRA PR)
  • SIPAT 2019 prima pelo cuidado integral com os funcionários
  • Semana do trânsito na escola - COFRACARMO
  • Espetáculo teatral movimenta COFRACARMO
  • Aprendizagem ativa em prática na EIC
  • O vôlei feminino da Escola Fátima está na elite do esporte escolar brasileiro. Parabéns!
  • Alunos da EIC exploram novas realidades
  • EIC realiza Seminário Regional de ER no centro-oeste
  • Colégio Santíssima recebe visita pedagógica

  • Anterior | [1] [2] | Próxima